LX14 – Pasteleira YÉ-YÉ Esmaltina

Esta Pasteleira Esmaltina Yé-Yé de 1977 chegou-nos à mão para ser completamente restaurada depois de algumas mensagens trocadas com o Mark – um americano luso-descendente que, no ano passado, descobriu a bicicleta do seu falecido Avô numa viagem à sua terra (na Batalha).

Todo o processo foi desafiante!
Nunca nos encontrámos com o Mark, nem ninguém da sua família. A bicicleta chegou-nos via transportadora, e todo o processo decorreu através de troca de emails, fotografias e whatsApp.
A intenção era que ficasse o mais aproximado possível à bicicleta original. Resumidamente, da bicicleta original apenas ficaram o quadro, guarda-correntes, guarda-lamas e o selim, que fizemos questão de recuperar, pois achámos que daria um toque de personalidade e de homenagem incontornáveis.

Logo a pintura revelou-se um desafio. Não há muitos profissionais a trabalhar nesta área em Portugal e tínhamos a indicação que deveria ser realmente idêntica à original, desde o tom da cor aos grafismos: logos, nomes, marcas e riscas! Não podíamos abreviar com lacagem ou logos e riscas em vinil decalcado…

A pintura é absolutamente especial, em 3 camadas… Parece sóbria quando está à sombra e ganha toda uma nova dimensão, cheia de brilhos e reflexos, quando exposta ao sol!
Todos os restantes detalhes foram pintados à mão com o máximo de pormenor e minúcia.

Quanto aos componentes e acessórios, os mais funcionais e estruturantes deveriam ser “high-end” e os restantes réplicas actuais do utilizado originalmente na bicicleta.

 

Assim sendo, aqui vai um resumo da lista:

  • Caixa de Direção – VeloOrange Grand Cru 1”
  • Avanço – VeloOrange Grand Cru
  • Guiador – VeloOrange Milan
  • Manetes de travão)– VeloOrange City
  • Travões – Dia-Compe
  • Cabos  e Espirais – VeloOrange
  • Pedaleira – Rodagira
  • Eixo pedaleiro – TANGE 103
  • Abraçadeiras Cabos – Dia-Compe
  • Grupo Elétrico – Miller vintage kit
  • similar ao original – Punhos , Pedais , Apoios guarda-lamas, Buzina, Grade traseira , Reflector, Bomba de ar

Para finalizar em grande este projecto , a bicicleta teve de ser desmontada, completamente protegida e enviada para os Estado Unidos, para que finalmente o legado do Avô António Cordeiro chegasse junto do seu neto e bisneto.

Podemos dizer que foi dos projectos mais complexos e demorados que tivemos até à data, mas que cada percalço e problemas que foram surgindo valeram bem o esforço, depois de sentirmos o entusiasmo com que decorreu todo o processo e recebermos no final o agradecimento sentido do neto Mark.

 

Conheça melhor o nosso Processo de Restauro.


Testemunho

«When I first found my late grandfather’s bicycle underneath a tarp in his barn, I knew I wanted to restore it but had no idea where to start. Fortunately I found Happy Bicycle!

Miguel and Helga can tell you about the many challenges they faced– transporting the bike, finding the appropriate parts, contracting a talented frame painter. Despite all the obstacles, they did not take any shortcuts. They communicated with me through every step of the process (all through email and chat in English). It was nice to be involved in the decision process so I felt like I had some hand in this very sentimental restoration. Helga and Miguel treated the bicycle with much attention and care– as if it was their own family’s heirloom.

The bike now hangs on a wall at my home waiting for my son to grow up and ride it. In the meantime, it is a heartwarming reminder of my childhood summers spent in Portugal riding with my grandfather. Thanks again for all the time and effort you guys spent on this project. Best of luck Happy Bicycle!»

– Mark P. –

 

Share this post